Dicas / Curiosidades

Confira o vídeo DEMO (explicativo) do manuseio de um REEL to REEL (Deck de ROLO), clicando no ícone (foto) abaixo.

EQUALIZADOR PARAMÉTRICO

 

Quando um equalizador qualquer atua no sinal senoidal, ele está agindo em um ou mais desses parâmetros. O equalizador paramétrico, então, tem a capacidade de atuar em três parâmetros simultaneamente, enquanto o gráfico atua somente em um. .

Permitindo, por meio da função freqüência central, que o usuário escolha exatamente a freqüência sobre a qual quer que o equalizador atue. Essa é uma das diferenças fundamentais entre eles

 

O Paramétrico tem a capacidade de atuar somente na frequência que se quer ou agir também sobre as freqüências vizinhas. A bandwidth (largura de banda) é especificada em oitavas, que podem variar de 0,03 a 2. Quanto menor for a largura de banda, maior será a capacidade do filtro de atuar na freqüência especificada sem atingir as vizinhas.

 

O equalizador paramétrico é uma ferramenta poderosa para a correção de problemas de sonorização.

 

Exemplos de Equalizador Paramétrico (fotos abaixo)

Manuseio

Deck de ROLO

(Reel to Reel) 

Equalizadores Gráficos

X

Equalizadores Paramétricos

EQUALIZADOR GRÁFICO

 

Os equalizadores gráficos são aqueles cujo painel dianteiro nos oferece uma série de potenciômetros deslizantes (BANDAS). O termo "gráfico" aparece no nome, pois após efetuar a sua equalização, permitem que você tenha uma idéia aproximada de como os filtros do aparelho estão alterando o som que recebem do amplificador / receiver e ou potência. Na verdade a grande maioria dos equalizadores gráficos acabam tendo uma curva de atuação diferente daquele esboçado pela posição dos potenciômetros (BANDAS) no seu painel em função daquilo que acontece devido à interação dos filtros vizinhos e da largura de banda dos filtros controlados por cada potenciômetro que não morre rigidamente no filtro vizinho. Portanto o que se deve buscar não é um desenho bonito das bandas, mas a posição dos potenciômetros que propicie o ajuste adequado e desejado ao seu som.

 

O que ocorre, porém, é que embora isto possa até quebrar o galho, na verdade, qualquer tipo de equalização que não oferece o ajuste de largura dos filtros, como oferecem os paramétricos, acabará afetando freqüências vizinhas "inocentes" que não necessitam ser alteradas e obviamente quanto menor o número de bandas ao seu dispor, maior a largura de cada banda e consequentemente, maior a quantidade de freqüências "inocentes" afetadas. É mais ou menos como se alguém empregasse um machado para fazer um furo que deveria ser feito com uma broca de 2 mm. Perde-se muita qualidade devido às freqüências "inocentes" que são também cortadas.

 

Exemplos de Equalizador Gráfico (fotos abaixo)